Posts Tagged ‘Educação’

Exibição do filme: ‘A céu aberto, entrevistas. Le Courtil, a invenção no dia a dia’  de Mariana Otero

Após a axibição do filme, haverá um debate conduzido pelas psicanalistas:

Monica Nezan (Master Profissional em Psicologia e Psicopatologia na Universidade Paris V – Sorbone e Especialista em transtornos globais do desenvolvimento pelo Lugar de Vida)

Camille Gavioli (Mestre em Educação e Psicologia pela FEUSP, Especialista em transtornos globais do desenvolvimento pelo Lugar de Vida, Psicóloga nos Centros de Excelência em Especialidades Pediátricas no Hospital Sabará)

Data: 31 de março de 2016 ; Horário: das 18h30 às 21h30

 

Mais informações: http://www.lugardevida.com.br/home_not00.php?id=156

Anúncios

Read Full Post »

Nos dia 8, 9 e 10 de outubro de 2015, a Equipe Nós esteve presente no Congresso Internacional de Acompanhamento Terapêutico: “clinica em las fronteras, caminos del AT em lo cotidiano” realizado na cidade de Córboda, Argentina. O congresso foi organizado pela Faculdade de Psicologia da Universidade Nacional de Córdoba (UNC) em parceria com a Associação de Acompanhantes Terapêuticos da República Argentina (AATRA). Houve uma grande adesão chegando a 700 inscritos. Muitos assuntos foram debatidos nas mesas de temas livres e mesas redondas com psicanalistas, acompanhantes terapêuticos e psicólogos principalmente da Argentina, México e do Brasil.

Dentre os diversos temas que apareceram, nos chamou a atenção a mesa redonda sobre Acompanhamento Terapêutico e Inclusão Escolar. Um dos palestrantes dessa mesa foi Sebastián García (membro da AATRA de Mar Del Plata) que abordou a questão da regulação do Acompanhamento Terapêutico na instituições educativas da província de Buenos Aires. Resgataremos brevemente o que foi apresentado por García para, em seguida, propormos uma reflexão sobre a prática que ocorre aqui em São Paulo. Importante ressaltar que utilizaremos a discussão a respeito do lugar do at1 em escolas que tem ocorrido na Argentina como ponto de partida para refletirmos sobre nossa compreensão do papel do at na escola no Brasil, e mais especificamente, em São Paulo. É certo que há particularidades no modo de o profissional atuar e das legislações vigentes em cada um dos países, no entanto, “pegaremos carona” na discussão aberta por García para apresentarmos como entendemos o dispositivo do AT em escolas.

Para contextualizar, lembramos que a maneira como o at está inserido nas escolas em São Paulo possui, atualmente, um caráter marginal, isto é, se está dentro e fora da escola simultaneamente. A inexistência de um vínculo formal com a escola, assim como a não regulamentação dessa prática produz consequências diversas para a prática do at. Por um lado, não se está protegido e amparado por uma lei trabalhista; por outro, é possível construir o enquadre do trabalho de acordo com a demanda singular de cada criança, família e escola. Esse seria apenas um ponto da discussão.

Sebastián García, em sua exposição, fala sobre a regulamentação da prática do Acompanhamento Terapêutico na Argentina. Atualmente, o at pode ser formado em psicologia, mas não necessariamente, para alguém poder dizer-se at deve realizar um curso técnico de nível superior. Segundo a lei de regulamentação do AT na escola, apresentada por García, do ano de 2013, haveria dois tipos de apoios possíveis para serem solicitados pela escola: o primeiro de caráter assistencial, ou seja, um profissional que pudesse auxiliar a criança a deslocar-se pela escola, nos seus cuidados de higiene pessoal, organização, etc. – algo mais semelhante ao que chamamos de “cuidador” ou do trabalho do AVE (Auxiliar de Vida Escolar) na Rede Pública da prefeitura de São Paulo; e o segundo de caráter terapêutico que trabalharia sobre o laço social da criança, esse seria o tipo de apoio em que o at é solicitado. Segundo Sebastián García, na Argentina, entende-se o AT como aquele apoio de caráter transitório, portanto não naturalizado naquele espaço e que não pode ser encarado pela escola como um requisito ou condição para a matricula do aluno. O que determina a entrada do at na escola não é o diagnóstico médico, mas uma avaliação realizada pela equipe escolar.

Até esse momento, poderia se dizer que esse tipo de AT é o semelhante ao que realizamos aqui em São Paulo. Mas há peculiaridades do AT portenho, apontadas por Sebastián García, das quais destaco duas:

1- Todo acompanhante terapêutico deve pertencer a uma instituição de saúde que lhe oferece supervisão para o caso acompanhado;

2- O at deve participar dos projetos institucionais da escola;

Assim, vamos entendendo que na Argentina, se por um lado, esse at deve receber uma supervisão de uma instituição externa a escola, por outro, deve participar das reuniões internas da equipe escolar. Dentro e fora também parece ser o lugar ocupado pelo at em Buenos Aires. No entanto, nos ocorre pensar que a grande aproximação entre o at e a escola (seja participando das reuniões internas, seja estando muitas horas na escola, por exemplo acompanhando uma criança full time2) pode ser problemática. No nosso entendimento, o at não é da escola, ele é da criança. Pode (e é importante que o faça) trabalhar com a equipe escolar, mas desde um lugar de quem desconhece o funcionamento da instituição. Estar envolvido nos impasses e na rotina da escola pode interferir diretamente na maneira como esse profissional se posiciona em relação à criança: paciente ou aluno?

Assim, vemos delinear-se uma situação em que o acompanhante terapêutico corre o risco de ser tomado como um membro da equipe escolar (pelos professores, alunos e pela criança que acompanha). Ainda que seu foco de trabalho, nos enfatiza Sebastian García, “seja o terapêutico e não o pedagógico”, sua prática estará fortemente influenciada pelos discursos institucionais sobre os alunos. Acreditamos ser de extrema importância que o at possa manter-se dentro e fora da escola, dentro para poder trabalhar e dialogar com a equipe escolar, mas fora também para que, longe dos vícios da instituição seja capaz de perceber as cristalizações, e assim, fazer furo ali onde todo o saber parece já sabido. O acompanhante terapêutico na escola não possui todo o saber sobre a criança, pelo contrário, ele pode ajudar na construção de novos saberes a partir de novas perguntas. É preciso que alguém se pergunte, que alguém não saiba, que esteja dentro e fora para que haja movimento, improviso e novas criações na direção da inclusão possível. Um lugar não-todo para o at na escola é um lugar de incômodo pois é um não lugar, uma não profissão, um lugar “à margem do estabelecido” (como Mannoni quis que fosse Bonneuil3). Caminhar na direção da regulamentação do Acompanhamento Terapêutico na escola seria necessariamente eliminar a potência desse dentro e fora? Acompanhemos essa discussão…

Lenara Spedo Spagnuolo

Outubro/2015

1Utilizamos as abreviações at para nos referirmos ao profissional acompanhante terapêutico e AT para designar o dispositivo do Acompanhamento Terapêutico.

2Expressão utilizada por Sebastián García em sua exposição.

3Fazemos referência ao título de um dos capítulos do livro de Maud Mannoni intitulado “Uma ação à margem do estabelecido”. Cf: MANNONI, Maud (1973). Educação Impossível. Com a colaboração de Simone Benhaim e Robert Lefort e um grupo de estudante. Rio de Janeiro. Francisco Alves, 1988.

Read Full Post »


Seminários Teóricos e supervisões no Lugar de Vida

 

  No mês de Julho o Lugar de Vida – Centro de Educação Terapêutica promove um ciclo de Seminários Teóricos sobre Psicanálise, Educação e Infância. Abertos ao público, eles acontecem às sextas-feiras, das 9h00 as 10h30

Dia 04/07 –  Ética da Psicanálise e critérios clínicos diagnósticos: efeitos do DSM V nas perspectivas de tratamento atuais, com Christian Dunker (IPUSP)

Dia 11/07 – Criações na clínica psicanalítica institucional da psicose e do autism, com Paulina S. Rocha (Circulo Psicanalítico de Recife e CPPL)

Valores:

Para profissionais: R$ 70,00 por Seminário; R$ 120,00 para dois Seminários

Para estudantes: R$ 50 por Seminário; R$ 80,00 para dois Seminários

Inscrições antecipadas:

Realizar depósito  (Banco do Brasil, agência 3559-9, conta corrente 14827-X) e enviar comprovante com seus dados para lugardevida@lugardevida.com.br

Lugar de Vida é uma instituição referência no tratamento e no acompanhamento escolar de crianças e adolescents com problemas psíquicos. Para mais informações, acesse www.lugardevida.com.br ou ligue para (11) 30979365

 

Lugar de Vida

Rua Miragaia, 174 – Butantã

lugardevida@lugardevida.com.br

Read Full Post »

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PRÁTICA EM EDUCAÇÃO TERAPÊUTICA

2º SEMESTRE 2014

Objetivo: oferecer ao profissional graduado nas áreas da Saúde e da Educação uma formação teórico-clínica em Educação Terapêutica – um conjunto de práticas interdisciplinares de tratamento, com especial ênfase nas práticas educacionais inclusivas. A Educação Terapêutica visa ao desenvolvimento global, à retomada da estruturação psíquica e ao (r)estabelecimento de laços sociais da criança com TEA (Transtorno do Espectro do Autismo).

Metodologia: O programa é composto por: 1. participação opcional do profissional ingressante em um dispositivo clínico-educacional desenvolvido no Lugar de Vida ou com prática já desenvolvida em outro contexto. 2. supervisão semanal do grupo e 3. ciclo de seminários teóricos ministrados por professores convidados e com inscrição de público externo.

Docentes: profissionais do Lugar de Vida e professores convidados (Angela Vorcaro, Christian I. L. Dunker, Leda M. F. Bernardino, Michele R. Faria, Rinaldo Voltolini, Rosa M. Mariotto, Paulinha S. Rocha).

Coordenação geral: M. Cristina Machado Kupfer

Duração: de 08 de agosto a 05 de dezembro de 2014

Ciclo de Seminários: 6afs das 9h às 11h

Supervisão de Grupo: 6afs das 11h15 às 12h30

Atividades práticas em dispositivo do Lugar de Vida: 3 vagas (1 vaga para cada período):

a) 2afs das 14h às 17h

b) 3afs das 8h às 11h

c) sábados das 9h às 12h

Vagas para formação: 8 (3 alunos com estágio prático no Lugar de Vida e 5 alunos com prática em outras instituições).

Valor: 5 x R$900,00 (com estágio em dispositivo do Lugar de Vida); 5 x R$700,00 (sem estágio); 10% de desconto para pagamentos à vista.

Período de inscrição para a seleção: até 31/07/2014

Documentos: cópia de RG, CPF, comprovante de graduação, mini currículo e breve carta de intenção.

Entrevistas: 21/07 a 02/08

Informações para inscrição: www.lugardevida.com.br

A realização do programa estará sujeita ao número de inscritos.

Ciclo de Seminários:

O lugar dos pais nos atendimentos em Educação Terapêutica.

A Inclusão Escolar e seus efeitos para os educadores e para os alunos.

O Estádio do Espelho e sua função para a constituição do psiquismo.

Pesquisa Multicêntrica IRDI e Metodologia IRDI nas creches: promoção de saúde mental na primeira infância.

Clínica, pesquisa e prevenção na primeira infância.

Pesquisa em psicanálise e a ciência: questões sobre a produção de Saber.

Apresentação e estudo de caso clínico: paradoxos do diagnóstico de autismo na infância.

O brincar constitutivo na clínica do autismo e nos Grupos de Educação Terapêutica.

O ato falho na escrita: o campo expressivo e a direção de tratamento no caso de uma criança em posição autística.

Ética da psicanálise e critérios clínicos diagnósticos: efeitos do DSM-V nas perspectivas de tratamento atuais.

Grupos de Educação Terapêutica e sua fundamentação teórica.

Escuta e manejos transferenciais de pais em grupo: uma proposta metodológica baseada na psicanálise.

Escuta de educadores e a inclusão escolar.

Estudo de caso em instituição: direção de tratamento e projeto clínico singular.

Criações na clínica psicanalítica institucional da psicose e do autismo na infância.

 

 

* Estão abertas as inscrições para o curso de férias em julho 2014, inscrevam-se!!

Lugar de Vida

Rua Miragaia, 174, São Paulo, SP

lugardevida@lugardevida.com.br

Read Full Post »

“Educação Terapêutica: uma proposta de tratamento e de escolarização de crianças com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA)”.

Objetivo: o curso pretende apresentar os fundamentos teórico-clínicos da Educação Terapêutica, um conjunto de práticas institucionais interdisciplinares de tratamento e de escolarização destinado a crianças com transtornos de desenvolvimento, de aprendizagem e do denominado espectro do autismo (TEA).  O programa do curso será constituído por aulas teóricas e seminários teórico-clínicos. Haverá apresentação de estudos de caso e de ilustrações clínicas de dispositivos de trabalho por meio de videografia.

Público-alvo: estudantes e profissionais da área da saúde, da educação e da assistência social, prioritariamente residentes fora do Estado de São Paulo.

Duração: 28 de julho a 01 de agosto de 2014

Horário: das 9h às 17h

Local: Sede do Lugar de Vida, Rua Miragaia n. 174, Butantã/SP

Número de Vagas: 20

Carga Horária: 35hs

Período de inscrição: 02 a 30 de junho de 2014

Taxa de inscrição e documentos: R$80,00 (por meio de depósito bancário no Banco do Brasil, ag. 3559-9, c/c n.14827-X, A/C Lugar de Vida S/S Ltda., CNPJ 04.479.058/0001-10. Cópia simples do CPF, RG, currículo resumido e comprovante de pagamento da taxa de inscrição, enviados conjuntamente paralugardevida@lugardevida.com.br ou pelo fax  (11) 3811 – 9860

Valor do curso: R$1.000,00 (3 x R$333,00 por meio de cheques pré-datados) ou R$900,00 à vista

Certificados emitidos ao final do curso: para 85% de frequência.

A realização do curso está sujeita ao número mínimo de inscritos.

Temas abordados: 

· Psicanálise e educação: entre o tratar e o educar na inclusão escolar.

· Fundamentos da Educação Terapêutica e seus dispositivos institucionais.

· Os Transtornos do Espectro do Autismo (TEA) e a perspectiva da psicanálise para a constituição do psiquismo.

· Indicadores de risco para o desenvolvimento infantil e Intervenções na primeira infância.

· Os grupos de Educação Terapêutica e seus fundamentos teórico-clínicos.

· O trabalho com a família na Educação Terapêutica: dispositivos, escuta e manejos transferenciais.

· A inclusão escolar e a escuta de professores.

· Desdobramentos do acompanhamento terapêutico para o acompanhamento escolar e para a circulação social de crianças com TEA.

· Discussão de casos e ilustração de intervenções clínicas por meio de videografias.

Mais informações no site www.lugardevida.com.br;  pelo email lugardevida@lugardevida.com.br ou pelo telofone (11) 30979365

Read Full Post »

2acotta1cottaaa

Read Full Post »

APRESENTAÇÃO

Abordagens e contextos do Acompanhamento Terapêutico (AT) é o tema do 2º Simpósio AT, Saúde Pública e Educação, que acontecerá nos dias 23 e 24 de agosto de 2013.  O evento é uma parceria entre a Universidade Metodista de São Paulo e o Attenda – Transmissão e Clínica em AT e Psicanálise.

No que se refere às abordagens, ganha relevância o debate sobre a pluralidade conceitual do AT, que, em sua função, é teorizado pelas distintas teorias da Psicologia e Psicanálise. Temos aí uma riqueza conceitual que nos interroga, lançando questões como: Qual a função do AT em cada uma dessas abordagens? Ou, então, seria o AT, como função, universal a todas as abordagens? E sobre seus contextos, a saúde pública e a educação, compartilhamos a idéia de que eles se mesclam. Ainda assim, perguntamo-nos: Eles, os contextos, interferem no exercício da função e da definição de AT?

Este é um espaço de troca para o aprofundamento destas e outras questões. Sejam todos bem-vindos!!!

MAURÍCIO CASTEJÓN HERMANN

Datas: 23 e 24 de agosto de 20

Local: Universidade Metodista de São Paulo – Salão Nobre – Campus Rudge Ramos

Rua Alfeu Tavares, 149 – Rudge Ramos

São Bernardo do Campo – SP – CEP: 09641-000

Como chegar: http://www.metodista.br/sobre-a-metodista/campi/

PROGRAMAÇÃO:

Sexta-Feira [23/08/2013]

9h00 – CREDENCIAMENTO (Salão Nobre)

9h30 – MESA DE ABERTURA: Abordagens e contextos do AT

Prof. Dr. Rogério Gentil Bellot

Diretor da Faculdade de Saúde da Universidade Metodista de São Paulo

Prof. Dr. Maurício Castejón Hermann

Psicanalista, Acompanhante Terapêutico e Supervisor Clínico. Doutorou-se em Psicologia Clínica em 2008, pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo – USP. Autor do livro: Acompanhamento Terapêutico e Psicose: articulador do real, simbólico e imaginário (2a. ed) – Editora Metodista. Atualmente mantém consultório particular em São Paulo e São Bernardo do Campo e dirige o Attenda – Transmissão e Clínica em AT e Psicanálise, instituição voltada à assistência e transmissão do AT, da psicanálise e suas interfaces. É autor de artigos científicos na área do AT e da clínica psicanalítica. Organizou o livro “O inconsciente e a Clínica Psicanalítica” (Editora Metodista); coordenou dossiê AT, publicado na revista Estilos da Clínica (USP); integrou o conjunto de autores da primeira publicação espanhola sobre AT, intitulada “Acompanhamento Terapêutico em Espana” (Editora 5, Madrid), entre outros.

Sra. Edna Cardoso da Guarda

Psicóloga, Acompanhante Terapêutica, Coordenadora de Gestão do Attenda.

10h15 – MESA-REDONDA: Movimento, Psicanálise, autismo e saúde pública – MPASP (Salão Nobre)

Sobre o MPASP

Maria Eugênia Pesaro (Lugar de Vida): Psicóloga, Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, sócia do Lugar de Vida – Centro de Educação Terapêutica.

Psicanálise, autismo e saúde pública

Profa. Ms. Carina Arantes Faria: Psicanalista, profissional da clínica, mestre pelo IPUSP, Membro da equipe da DERDIC – PUC e do NEPPC – Núcleo de Estudos e Pesquisa em Psicanálise com Crianças.

AT, autismo e laço social

Prof. Dr. Maurício Castejón Hermann: Psicanalista, Acompanhante Terapêutico e Supervisor Clínico. Doutorou-se em Psicologia Clínica em 2008, pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo – USP. Autor do livro: Acompanhamento Terapêutico e Psicose: articulador do real, simbólico e imaginário (2a. ed) – Editora Metodista. Atualmente mantém consultório particular em São Paulo e São Bernardo do Campo e dirige o Attenda – Transmissão e Clínica em AT e Psicanálise, instituição voltada à assistência e transmissão do AT, da psicanálise e suas interfaces. É autor de artigos científicos na área do AT e da clínica psicanalítica. Organizou o livro “O inconsciente e a Clínica Psicanalítica” (Editora Metodista); coordenou dossiê AT, publicado na revista Estilos da Clínica (USP); integrou o conjunto de autores da primeira publicação espanhola sobre AT, intitulada “Acompanhamento Terapêutico em Espana” (Editora 5, Madrid), entre outros.

COMENTÁRIO E COORDENAÇÃO:

Sr. Marcos Otávio Cahú Rodrigues

Psicólogo, Psicoterapeuta e Acompanhante Terapêutico. Coordenador de Grupos de Formação e Supervisão em Psicoterapia e em Acompanhamento  Terapêutico (Recife – PE).

12h00 – Intervalo para o almoço

14h00 – APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS LIVRES EM MESAS SIMULTÂNEAS

16h15 – MESA-REDONDA: ABORDAGENS DO AT E PSICOSE (Salão Nobre)

PSICANÁLISE (TEORIA DOS CAMPOS – Fabio Herrmann)

Prof. Ms. Ricardo Gomides Santos: Psicólogo formado pela Universidade Federal de Uberlândia, mestre em Psicologia pela USP, doutorando pela mesma instituição. Psicólogo clínico, psicanalista, acompanhante terapêutico e professor universitário. Coorganizador do livro “Textos, texturas e tessituras no Acompanhamento Terapêutico”, em parceria com o Instituto A Casa.

ESQUIZOANÁLISE

Sr. Fabio Araújo: Psicólogo, Acompanhante Terapêutico, mestre em estudos da subjetividade, autor do livro “Um passeio esquizo pelo At. dos especialismos à politíca da amizade”.

REICH

Profa. Dra. Ana Celeste de Araújo Pitiá: Doutora em Enfermagem com enfoque em Acompanhamento  Terapêutico (AT) e ênfase em Saúde Mental pela  EERP/USP- Ribeirão Preto/SP. Especialidade na Clínica em Acompanhamento  Terapêutico – Hospital-dia A Casa/SP. Terapeuta em Análise Bioenergética pela Sociedade Brasileira de Análise Bioenergética de Ribeirão Preto/SP, filiada ao International Institute for Bioenergetic Analysis/New York. Mediadora de Conflitos e Facilitadora de Diálogos pelo Instituto ConversAções/Ribeirão Preto/SP. Graduanda em Psicologia pelo Centro Universitário Barão de Mauá/Ribeirão Preto/SP. Diretora da Comviver – Acompanhamento Terapêutico (AT).

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO

Prof. Dr. Denis Zamignani: Doutor em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo (2008); psicólogo (1996) e mestre em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento (2001) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Supervisor e Docente no Curso de Especialização em Clínica  Analítico-Comportamental do Núcleo Paradigma de Análise do Comportamento, onde é também sócio-diretor. Membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental, gestão 2013-2014. Organizador do livro “A Clínica de Portas Abertas: experiências e fundamentação do Acompanhamento Terapêutico e da Prática Clínica em Ambiente  Extra-Consultório – Editora Núcleo Paradigma /Esetec.

FENOMENOLOGIA

Prof. Dr. Andrés Eduardo Aguirre Antúnez: Professor Livre-Docente do Departamento de Psicologia Clínica da Universidade de São Paulo, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica da mesma universidade, Coordenador da Clínica Psicológica Durval Marcondes, Professor da Disciplina Fundamentos Clínicos do Acompanhamento Terapêutico (Graduação) do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo – USP. Especialista em Psicologia da Saúde, Mestre, Doutor e Pós-doutor

COORDENAÇÃO:

Profa. Ms. Clarissa Metzger: Psicanalista, doutoranda em Psicologia Clínica pelo IP-USP, coordenadora dos cursos de AT do Instituto A CASA, coordenadora e supervisora clínica da Equipe Hiato de AT.

Sábado [24/08/2013]

9h00 – APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS LIVRES EM MESAS SIMULTÂNEAS

11h15 – MESAS SIMULTÂNEAS: ABORDAGENS DO AT

PSICANÁLISE LACANIANA

Acompanhamento Terapêutico e dependência química

Sr. Pablo Dragotto: Estudió psicología en la  Universidad Nacional de Córdoba, Argentina. (1987-1993). Se especializó en tratamientos de adicciones en la Addictions Unit del Montreal General Hospital, Montreal Canadá (1994-1995). Se formó en psicoanálisis en Córdoba. Actualmente realiza su formación oficial en la Asociación Psicoanalítica de Córdoba (Argentina). Dicta cursos de acompañamiento terapéutico desde el año 1997 y realiza supervisiones de acompañantes terapéuticos. Es miembro fundador de AATRA, Asociación de Acompañantes Terapéuticos de Argentina, institución que presidió en el período de diciembre de 2008- a junio de 2011. Desde el año 2006 preside Fundación Sistere, institución dedicada a la capacitación, asistencia, investigación y supervisión en acompañamiento terapéutico y salud mental. Ha dictado cursos, conferencias y coordinado talleres y mesas redondas en varias provincias de Argentina, en Brasil y México en relación con el AT y las adicciones. Co-autor con María Laura Frank, del libro Acompañantes. conceptualizaciones y experiencias en AT. (Ed. Brujas, Córdoba, 2012)

Acompanhamento Terapêutico e saúde mental

Sra. Clarissa Metzger: Psicanalista, doutoranda em Psicologia Clínica pelo IP-USP, coordenadora dos cursos de AT do Instituto A CASA, coordenadora e supervisora clínica da Equipe Hiato de AT.

Acompanhamento Terapêutico e Judiciário

Prof. Ms. Fabrício Junio Rocha Ribeiro: Psicólogo, Psicanalista, Pós-Graduado em Psicanálise e Direito pelo Centro Universitário Newton Paiva, Mestre em Psicologia pela Universidade Católica de Minas Gerais, Professor do Centro Universitário Newton Paiva nas áreas de Direito, Psicanálise e Saúde Mental, Articulador de Rede e Supervisor de Estágio em Acompanhamento  Terapêutico do Programa de Atenção Integral ao Paciente Judiciário (PAI-PJ/TJMG) e autor do livro Da Razão ao Delírio: por uma abordagem interdisciplinar do conceito de loucura.

COORDENAÇÃO:

Sra. Juliana Ribeiro Câmara Lima: Psicanalista, correspondente da Delegação Rio Grande do Norte da Escola Brasileira de Psicanálise e atual coordenadora do curso Fundamentos da Clínica de Orientação Lacaniana. É mestre em Psicologia e trabalha no IECE – Instituto Educacional Casa Escola, em Natal – RN, com atenção ao Projeto de Inclusão escolar de pessoas com necessidades específicas.

PSICANÁLISE INGLESA:

O Acompanhamento Terapêutico no Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente

Sr. João Carlos Guilhermino da Franca: Educador Social e Acompanhante Terapêutico, coordena a organização não governamental Centro Camará de Pesquisa e Apoio à Infância e Adolescência, São Vicente/ SP, preside o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Vicente/SP (gestão 2011/2013), é consultor de Programa de Ações Integradas e Referenciais de Enfrentamento a Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes no Território Brasileiro – PAIR, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (desde 2003).

Acompanhamento Terapêutico e Terceira Idade

Natália Alves Barbieri: Psicanalista, at, doutoranda em saúde coletiva pela UNIFESP e supervisora de grupo de estudos sobre clínica do envelhecimento pela Ger-Ações.

Acompanhamento Terapêutico e dependência química

Sra. Joana Tarraf: Psicanalista, Membro Filiado ao Instituto da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP), Especialista em Dependência Química pela UNIFESP e criadora e coordenadora do curso de Acompanhamento Terapêutico Clinica Céu Aberto.

COORDENAÇÃO:

Prof. Ms. Ricardo Gomides Santos: Psicólogo formado pela Universidade Federal de Uberlândia, mestre em Psicologia pela USP, doutorando pela mesma instituição. Psicólogo clínico, psicanalista, acompanhante terapêutico e professor universitário. Coorganizador do livro “Textos, texturas e tessituras no Acompanhamento Terapêutico”, em parceria com o Instituto A Casa.

ESQUIZOANÁLISE:

Acompanhamento Terapêutico e Saúde Coletiva, Transdisciplinaridade e Formação em Saúde

Prof. Dr. Mauricio Lourenção Garcia: Psicólogo, doutor em Psicologia  Clínica pela PUC-SP, pelo Núcleo de Estudos da Subjetividade. Ministra aulas de Psicologia e Trabalho em Saúde, além da supervisão de estágios, no curso de Psicologia da UNIFESP-BS. É tutor do PET-Saúde Mental e membro do grupo de Pesquisa do CNPQ Laboratório de Estudos e Pesquisas em Formação e Trabalho em Saúde -LEPETS -, da UNIFESP-BS desde sua criação (2009) com pesquisas referentes à formação multiprofissional em saúde e à produção de redes territoriais, na linha de pesquisa “Redes sociais, memória coletiva e processos de subjetivação”.

Acompanhamento Terapêutico: cartografia dos trajetos vividos e a análise da implicação

Sra. Priscila Tamis: Psicóloga Esquizoanalista pela UNESP/Assis e Analista Institucional. Especialista em  Psicologia Política, Políticas Públicas e Movimentos Sociais / USP. Mestranda em Mudança Social e Participação Política / USP estudando os movimentos dos corpos pela cidade e os efeitos do trânsito-trajeto cotidiano na produção de saúde e subjetividades. Psicóloga no programa Acompanhante de Saúde da Pessoa com Deficiência pela ASF em parceria com Secretaria Municipal de Saúde da cidade de São Paulo.

Acompanhamento Terapêutico e Território

Sr. Rafael  Michel Domenes: Acompanhante Terapêutico, Coordenador do SRT Brasilândia, Mestre em Psicologia Social pela PUC SP, especialista em Psicologia Social pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo

COORDENAÇÃO:

Sr. Fábio Araújo: Psicólogo, Acompanhante Terapêutico, mestre em estudos da subjetividade, autor do livro “Um passeio esquizo pelo At. dos especialismos à politíca da amizade”.

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO:

Acompanhamento Terapêutico e o Ambiente Familiar

Sr. Dante Marino Malavazzi: Graduado em Jornalismo e Psicologia pela PUC/SP. Especialista em clínica analítico-comportamental pelo Núcleo Paradigma, com formação avançada em atendimento extraconsultório. Editor-associado da revista Perspectivas em Análise do Comportamento e mestrando em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento na PUC-SP, é terapeuta e professor no Núcleo Paradigma.

Acompanhamento Terapêutico e Casos de Asperger

Sr. Fernando Albregard Cassas: Doutorando em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento na PUC/SP, onde também é graduado em Psicologia e Mestre em Psicologia: Psicologia Social. Coordenador do Curso de Acompanhamento Terapêutico e Atendimento Extraconsultório do Núcleo Paradigma de Análise do Comportamento onde também atua como Psicólogo Clínico e Acompanhante Terapêutico.

Acompanhamento Terapêutico e Casos de TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo

Profa. Ms. Roberta Kovac: Graduada em Psicologia pela PUC de São Paulo (1995) e mestre em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento também pela PUC de São Paulo (2001). Atualmente é diretora acadêmica e docente no Núcleo Paradigma de Análise do Comportamento. Tem experiência na área de Psicologia clínica, atuando principalmente nos seguintes temas: terapia comportamental, eventos encobertos, trabalho no ambiente extra consultório, equipe multiprofissional e formação em psicologia em Análise do Comportamento

COORDENAÇÃO:

Profa. Ms. Angélica Capelari: Docente, supervisora e coordenadora dos estágios do curso de Psicologia da Faculdade da Saúde da Universidade Metodista de São Paulo. Psicóloga Clínica. Mestre em Psicologia Experimental pelo IPUSP. Graduada em psicologia pela PUC/SP.

FENOMENOLOGIA:

Acompanhamento Terapêutico e deficiência

Profa. Ms. Maria Sílvia M. Logatti: Formada em psicologia pela PUC-SP e filosofia pela USP, possui mestrado em psicologia clínica pela PUC-SP. Atua como psicóloga clínica e acompanhante terapêutica há 10 anos, além de ministrar aulas teóricas e supervisões clínicas e institucionais na Uninove.

Acompanhamento Terapêutico e Educação Inclusiva

Sr. Marcos Salém Vasconcelos: Psicólogo e AT; coordenador do Grupo Laço – Projetos de Inclusão Escolar; membro do Grupo Itinerante de AT; terapeuta de grupos, formado pelo Fenô & Grupos; participou por anos do Giramundo – Oficinas Terapêuticas (PUC-SP); há 3 anos tem estudado o uso de recursos artísticos nos processos terapêuticos; fotógrafo pin-hole.

O Acompanhamento terapêutico e a existência humana

Prof. Júlio César Ramos de Oliveira: Terapeuta Clínico de adulto e adolescente, Professor, Coordenador e Supervisor Clínico do Projeto Humanitas, Terapeuta de Grupos e Famílias do Hospital Dia A Casa.

COORDENAÇÃO:

Sra. Fernanda de Camargo Vianna

Psicóloga formada pela PUC/SP, Mestre em psicologia da educação PUC/SP, Coordenadora do Serviço de Psicologia do Hospital e Maternidade São Luiz – Itaim, Psicoterapeuta Membro da Associação Brasileira de Daseinsanalyse

12h45 Intervalo para o almoço

14h15 ATELIÊS SIMULTÂNEOS: Ofertas de laços sociais.

“ECONOMIA SOLIDÁRIA”

COORDENAÇÃO:

Profa. Dra. Sylvia Leser de Mello: Professora titular do departamento de psicologia social do Instituto de Psicologia da USP, coordenadora Acadêmica da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da USP

Sra. Mariana de Mello Beisiegel: Psicóloga, Psicanalista, Acompanhante Terapêutica, graduada em psicologia pela Universidade Paulista – UNIP,  Membro da Pré Escola Terapêutica Lugar de Vida – USP (1997 a 2008), Coordenadora da equipe de AT´S da Pré Escola Terapêutica Lugar de Vida (2005 a 2008), Equipe da triagem da Pré Escola Terapêutica Lugar de Vida (1997 a 2008), clínica particular e acompanhamento terapêutico, desde 1997, Incubadora tecnológica de cooperativas populares USP / Incubação de grupos de geração de renda com usuários da rede pública de Saúde mental desde 2010, Supervisora de Estágio em AT do Attenda.

“ESPORTE  – COPA DA INCLUSÃO”

COORDENAÇÃO:

Prof. Ricardo Santoro: Psicólogo, especialista em saúde mental, Docente de Psicopatologia da Universidade Paulista/UNIP, Idealizador da Copa da Inclusão, Vice-presidente da ONG Sã Consciência, Supervisor do Serviço Residencial Terapêutico (SRT) Ermelino Matarazzo e do SRT Vila Monumento.

Sr. Geraldo de Andrade Júnior: Presidente da Associação Anima e representante dos usuários no corpo diretivo da ONG Sã Consciência, responsável pela organização da Copa da Inclusão.

“MODA – PROJETO CAPS FASHION WEEK”

COORDENAÇÃO: Sr. Railson de Franca Tavares (Nutrarte)

“CORAL”

COORDENAÇÃO: Sra. Thalita Zampa Mancini: Psicóloga e Musicoterapeuta, Pós-graduanda em Ciências Sociais. Dez anos de atuação em programas sociais e da saúde, além de dois anos de experiência no segmento Corporativo.   Atualmente com vínculo empregratício pela Fundação ABC (30 horas semanais), atuando como Monitora de Oficinas Terapêuticas aos usuários da rede de Saúde Mental do município de Santo André, e experiência como coordenadora de Grupo de Eventos, incluindo planejamento, organização e realização de todos os eventos do calendário 2011 da Rede de Saúde Mental do município. Dois anos de experiência em Multinacional de grande porte, com participação em atividades de Inclusão Social Corporativa, acompanhando a gestão de performance dos portadores de necessidades especiais da empresa, contratados pela Lei de Cotas. Suporte nos programas de Recrutamento, Seleção e Educação Corporativa (Estágio, Trainee, Bolsas de estudos e idiomas). Experiências incluem atuação em Projetos Sociais e educação infantil, com pessoas de diversas classes sociais e faixas etárias, em situação de risco e/ou vulnerabilidade social (CAPS Infantil, Fundação CASA – ex-Febem – Projetos municipais de incentivo à educação e cultura, moradores de rua e itinerantes).

“OFICINA DE XILOGRAVURA”

COORDENAÇÃO: Sr. André Nunes: Terapeuta ocupacional, integrante do Coletivo C.U.P.I.N.S (Central Unida de Pessoas Inventando Novas Saídas) – Santo André-SP.  Coordenador Técnico do NUPE – Núcleo de Projetos Especiais – Santo André – SP.

15h15 – NUESTROS HERMANOS DE LA LENGUA ESPAÑOLA:

Convite ao VIII Congresso Internacional de Acompanhamento Terapêutico – México

Profa. Ms. Lorena Najera: Presidente do VIII Congresso Internacional de AT, Lic. en psicología por la  Universidad Justo sierra, Maestría en teoría psicoánalitica por el Centro de investigaciones de estudios psicoanalítica CIEP. Maestra de la universidad Londres desde hace 10 años. Psicoanalista en la clínica privada desde hace 13 años,supervisora en clínica privadas en casas de medio camino en el trabajo de los acompañantes terapéuticos.

COORDENAÇÃO:

Prof. Gabriel Omar Pulice: Psicoanalista, Docente de la Facultad de Psicología de la  Universidad de Buenos Aires, donde se desempeña como Coord. Adjunto de la Práctica profesional Fundamentos Clínicos del Acompañamiento Terapéutico (Cód. 800) desde su creación en marzo de 2001; Investigador UBACyT. Miembro fundador de la Asociación de Acompañantes Terapéuticos de la República Argentina, ha participado activamente desde 1994 en la organización de los sucesivos congresos nacionales e internacionales sobre esta especialidad. Autor y compilador de los libros: Fundamentos Clínicos del Acompañamiento Terapéutico (2011); Investigar la subjetividad (2007); Eficacia Clínica del Acompañamiento Terapéutico (2002); Investigación Psicoanálisis: de Sherlock Holmes, Dupin y Peirce, a la experiencia freudiana, Buenos Aires (2000); Acompañamiento Terapéutico, (1997); Hacia una articulación de la clínica y la teoría, publicación del Primer Congreso Nacional de Acompañamiento Terapéutico (1995); Acompañamiento Terapéutico, Aproximaciones a su conceptualización. Presentación de material clínico (1994), y otros numerosos artículos y publicaciones sobre el tema.

15H45 LANÇAMENTO DE LIVROS

ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO

Autores: Clarissa Metzger, Deborah Sereno, Fabrício Junio Rocha Ribeiro e Mauricio Castejón Hermann. Série Prática Clínica – Coordenação da série: Isabel Cristina Gomes – Editora Zagodoni

“ACOMPAÑANTES. CONCEPTUALIZACIONES  Y EXPERIENCIAS EN AT”

Autores: Pablo Dragotto y María Laura Frank

Editorial Brujas, Córdoba, 2012.

16H15 – MESA-REDONDA: CONTEXTOS DO AT: SAÚDE PÚBLICA E EDUCAÇÃO (Salão Nobre)

AT na Saúde é em Rede: atando pontas e desemaranhando nós

Profa. Dra. Analice Palombini: Doutora em Saúde Coletiva pela UERJ. Docente do Instituto de Psicologia UFRGS. Coordenadora do Projeto de Extensão e Estágio AT na Rede. Integra a coordenação da Residência Multiprofissional em Saúde Mental Coletiva da UFRGS.

AT na escola: uma aposta em quê?

Profa. Dra. Adriana Marcondes Machado: Graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1984), mestrado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (1991) e doutorado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (1996). Trabalhou como psicóloga do Serviço de Psicologia Escolar do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo de 1986 a 2000. Atualmente é professora do Instituto de Psicologia da USP, Departamento da Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade. Trabalha, principalmente, com os seguintes temas: psicologia escolar, pesquisa-intervenção, educação inclusiva, relação saúde-educação.

COMENTÁRIO E COORDENAÇÃO:

Profa. Ms. Deborah Sereno: Psicanalista. Mestre em Psicologia Clínica pelo IP-USP.  Docente e Coordenadora de Estágios do Curso de Psicologia da FACHS – PUC-SP. Coordenadora do Giramundo – Oficinas e Redes em Saúde Mental da Clinica Psicológica da PUC- SP. Coordenadora e supervisora do RodaRua- equipe de acompanhamento terapêutico.

17h45 – ENCERRAMENTO

Prof. Dr. Maurício Castejón Hermann: (Attenda)

VALORES DE INSCRIÇÃO

Prazos:

Inscrição com desconto, via depósito bancário identificado, até 26 de julho de 2013

Estudantes de graduação: R$ 100,00

Profissional de nível médio: R$ 100,00

Profissional: R$ 130,00

Inscrição com desconto, via depósito bancário identificado, até 21 de agosto de 2013

Estudantes de graduação: R$ 120,00

Profissional de nível médio: R$ 120,00

Profissional: R$ 150,00

Inscrição no local, somente em dinheiro, no dia do evento

Estudantes de graduação: R$ 150,00

Profissional de nível médio: R$ 150,00

Profissional: R$ 180,00

Dados da conta para depósito:

Attenda:

Banco Santander, agência 3929 – conta corrente: 13005641-5

Estudante de graduação: enviar o comprovante de graduação com os dados de inscrição

Para realizar a inscrição no simpósio, faz-se necessário encaminhar o comprovante de depósito, nome completo, domicílio completo (com CEP, bairro, município e estado), telefone, e-mail e CPF, para
secretariasimposio@attenda.com.br
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS

Eixos temáticos:

AT e demandas contemporâneas

AT e instituição de saúde ou educação

AT e suas abordagens

AT e equipe de tratamento

AT e comunidade

AT e desafios frente à vulnerabilidade social

AT e desinstitucionalização

AT e seus indicadores

AT e seu trânsito entre os espaços públicos e privados

AT e a gestão da política pública em saúde mental ou educação

AT e sua formação ao profissional de saúde e educação

RESUMO

Ele deve conter: nome completo do (s) autor (es), pertinência institucional, domicílio completo (com CEP, bairro, município e estado), telefone  e e-mail

Máximo de 200 palavras, folha A4, corpo do texto (arial 12), título (arial 14, em negrito e caixa alta), espaçamento entre linhas (duplo)

Indicar o eixo temático mais apropriado para a proposta de resumo.

Prazos e envio de trabalhos:

IMPORTANTE: Para que o resumo seja submetido à avaliação da comissão científica é necessário realizar a inscrição de todos os autores do trabalho até a data de 26 de julho

TRABALHOS

Uma vez aprovado o resumo do trabalho, é preciso enviar o trabalho completo para que os coordenadores de temas-livres possam realizar sua leitura prévia, com:

Nome completo do (s) autor (es), pertinência institucional, domicílio completo (com CEP, bairro, município e estado), telefone e e-mail

Máximo de 06 laudas, folha A4, corpo do texto (arial 12), título (arial 14, em negrito e caixa alta), espaçamento entre linhas (duplo).

Envio do trabalho completo até o dia 16 de agosto para
comissaocientifica@attenda.com.br
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

COMISSÃO CIENTÍFICA

Ana Celeste de Araújo Pitiá:

Doutora em Enfermagem com enfoque em Acompanhamento  Terapêutico (AT) e ênfase em Saúde Mental pela  EERP/USP – Ribeirão Preto/SP. Especialidade na Clínica em Acompanhamento  Terapêutico – Hospital-dia A Casa/SP. Terapeuta em Análise Bioenergética pela Sociedade Brasileira de Análise Bioenergética de Ribeirão Preto/SP, filiado ao International Institute for Bioenergetic Analysis/New York. Mediadora de Conflitos e Facilit adora de Diálogos pelo Instituto ConversAções/Ribeirão Preto/SP. Graduanda em Psicologia pelo Centro Universitário Barão de Mauá/Ribeirão Preto/SP. Diretora da comviver – Acompanhamento Terapêutico (AT).

Denis Zamignani: Doutor em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo (2008); psicólogo (1996) e mestre em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento (2001) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Supervisor e Docente no Curso de Especialização em Clínica  Analítico-Comportamental do Núcleo Paradigma de Análise do Comportamento, onde é também sócio-diretor. Membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental, gestão 2013-2014. Organizador do livro “A Clínica de Portas Abertas: experiências e fundamentação do Acompanhamento Terapêutico e da Prática Clínica em Ambiente  Extra-Consultório.

Fabrício Junio Rocha Ribeiro: Psicólogo, Psicanalista, Pós-Graduado em Psicanálise e Direito pelo Centro Universitário Newton Paiva, Mestre em Psicologia pela Universidade Católica de Minas Gerais, Professor do Centro Universitário Newton Paiva nas áreas de Direito, Psicanálise e Saúde Mental, Articulador de Rede e Supervisor de Estágio em Acompanhamento  Terapêutico do Programa de Atenção Integral ao Paciente Judiciário (PAI-PJ/TJMG) e autor do livro Da Razão ao Delírio: por uma abordagem interdisciplinar do conceito de loucura.

Marcos Otávio Cahú Rodrigues: Psicólogo, Psicoterapeuta e Acompanhante Terapêutico. Coordenador de Grupos de Formação e Supervisão em Psicoterapia e em Acompanhamento  Terapêutico (Recife – PE ).

Ricardo Gomides Santos: Psicólogo formado pela Universidade Federal de Uberlândia, mestre em Psicologia pela USP, doutorando pela mesma instituição. Psicólogo clínico, psicanalista, acompanhante terapêutico e professor universitário. Coorganizador do livro “Textos, texturas e tessituras no Acompanhamento Terapêutico”, em parceria com o Instituto A Casa.

SECRETARIA DO EVENTO

Horário de atendimento: 13h30 às 16h30, no telefone (11) 2381-6180, de terça-feira à sexta-feira ou por e-mail:
secretariasimposio@attenda.com.br
http://www.attenda.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=108&Itemid=166

 

Read Full Post »

Older Posts »